¬ Tarcísio A. Giesen

migrando para: http://kantega1.blogspot.com.br/

Anúncios
  1. Rafael Louzada
    15/10/2012 às 3:07 PM

    Oá professor, estou aqui de volta com minhas dúvidas “vermelhas”. Sei que você não gosta de fazer críticas ou analises de publicações jornalísticas, mas minha dúvida é pontual… http://cartamaior.com.br/templates/materiaMostrar.cfm?materia_id=21069 , a minha dúvida é: realmente os EUA utilizam de mecanismos distintos do que eles pregam para uso alheio, ao mesmo tempo que eles condenam (o uso alheio) de mecanismos que eles usam?? e a política de câmbio fixado no dólar foi um intrumento de neocolonização?

    • Tarcísio
      16/10/2012 às 8:27 AM

      O mundo já foi liberal, até 2008. De lá pra cá o liberalismo, do ponto de vista prático, acabou; mas, no âmbito ideológico continua. E nesse ponto é interessante pra europeus e americanos pq assim os países ‘pobres’ continuam a produzir café e banana e eles produtos de alto valor agregado. Estão com medo da concorrência, que bateu à porta. Quando a Dilma taxa a entrada de um produto estrangeiro é uma agressão ao livre comércio, a mesma agressão que eles cometem lá o tempo todo. Portanto, faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço. A metástase já acabou e matou meio mundo.
      Em qualquer período da história teremos uma moeda de referência, não se trata de neocolonização, mas de ter 1 individuo que norteie e referencie o resto do mundo. E isso nem sempre é bom. O fato é que precisamos de uma moeda que sirva de meio de troca internacional, hoje desempenhado pelo dólar.

  2. 27/09/2012 às 9:12 PM

    Agora eu entendi o nome =)

    • Tarcísio
      16/10/2012 às 8:45 AM

      =)

  3. 27/08/2012 às 3:43 PM

    Professor, entrei no seu blog!
    Juro que vou ler!
    HAhahahahaahahahah

  4. 28/05/2012 às 1:56 AM

    Sinistro o filme do ZeitGeist professor, faça uma critica mais detalhada caso tenha visto o filme. Abraço…

  5. Marcus Vinicius de Carvalho
    19/03/2012 às 12:12 PM

    Olá Tarcisio, sou estudante de Economia, e descobri seu blog recentemente.E seus posts estão me agregando bastante conhecimento.Espero me tornar um grande Economista para poder passar um pouco do meu conhecimento como você está fazendo.

    Abraços

    Marcus Carvalho.

    • Tarcísio
      21/03/2012 às 9:18 AM

      Bem vindo Marcus. Continue lendo e estudando, com o tempo terá muito conhecimento pra compartilhar.

      abraços

  6. Robson Barcelos
    09/03/2012 às 11:06 AM

    Professor essa noticia:

    http://g1.globo.com/economia/noticia/2012/03/inflacao-oficial-desacelera-para-045-em-fevereiro-indica-ibge.html

    ela é tendenciosa ou realmente vai levar um tempo para nós da classe operaria sentirmos os efeitos dessa desaceleração e as medidas que vão ser tomadas para aquecer a economia se é que serão tomadas.

    Até Robson

    • Tarcísio
      09/03/2012 às 12:17 PM

      Oi Robson, um mês só de desaceleração ou aceleração n diz muita coisa. Por isso colocaram o gráfico mostrando a evolução ao longo dos anos, só assim tem sentido falar de inflação. No dia a dia praticamente n sentimos essas oscilações pq nossa lista de produtos n é exatamente igual ao IPCA. Vc tem que se preocupar não com isso, mas com o fechamento do IPCA no fim do ano. Como tem ficado dentro da meta de 6,5% (limite superior), já por vários anos, digamos q a coisa esteja tranquila. ok? Abraços

  7. Gideão Franco
    05/05/2011 às 11:28 AM

    Olá Professor, bom dia.

    Esses dias discutimos em sala de aula a respeito do aumento dos preços da gasolina e chegamos a conclusão que o protesto que foi proposto de boicote aos postos BR/refinarias da PETROBRÁS não seriam de fato eficientes e não causariam impactos a ponto de gerar choque de oferta e redução de custo para o consumidor final.

    Hoje recebi um novo e-mail de um grupo que se intitula “Na Mesma Moeda” que tem o site oficial http://namesmamoeda.com.br/ e que tem uma outra proposta que é fazer com que uma massa relativamente pequena faça abastecimento de apenas R$ 0,50 em um determinado posto e ainda no cartão de crédito. Segundo eles esse valor não cobririam os custos do posto e isso geraria mais repercussão na mídia e atrairia a atenção para o problema, podendo chegar a algum resultado mais tangível.

    Será que essa de fato é uma proposta válida? Será que conseguirão fazer barulho ou perturbar suficientemente o mercado, tanto consumidor quanto governo e distribuidoras/postos para realmente chegar a uma redução de custo?

    Qual sua perspectiva a esse respeito?

    Abraços,
    Gideão Franco.

    • kantega
      15/05/2011 às 9:57 PM

      Viu que o preço começou a cair?! Por causa dos protestos?

  8. Jonatas
    01/03/2011 às 8:55 PM

    Olá, parabéns pelo blog
    lendo no site sobre cdb versus poupança
    fiquei curioso a respeito do mesmo
    porem, gostaria de saber se é vantajoso o investimento em cdb com baixos valores (100 ou 200 reais, valor mínimo exigido para aplicação no HSBC e SANTANDER, pósfixado com 80% do cdi (HSBC RendMais e SANTANDER CRISTAL DI), ou pré-fixado TR + 8,2%aa(SANTANDER MULTPOUP)
    atenciosamente
    obrigado

  9. 09/02/2011 às 11:38 AM

    Professor, já tive aula com você em SI na FAESA e vez ou outra eu dou uma olhada aqui.

    Minha dúvida é a seguinte: No que refere-se a economia em si, me parece que crises monetárias como o estouro da bolha e a crise da grécia tendem a ocorrer mais frequentemente ultimamente, e após ver os filmes do Zeitgeist, me pareceu ser algo mais real ainda.
    Você poderia me dizer se o que eles falam nos filmes Zeitgeist tem fundamento?

    (Zeitgeist Parte 3 a partir de 1:10 de filme) http://video.google.com/videoplay?docid=-1437724226641382024#

    (Addendum) http://www.youtube.com/watch?v=EewGMBOB4Gg

    (Moving Forward) http://www.youtube.com/watch?v=4Z9WVZddH9w

    • kantega
      14/02/2011 às 9:38 PM

      Oi Filipe, o capitalismo é ciclico, as crises vem e vão. A tendência é que os intervalos de bonança fiquem realmente menores em função da evolução da internet e da facilidade de transferência de recursos e informações. É algo natural.

      Quanto ao Zeitgeist é bonitinho, bem feitinho, mas tão verossímil quando os duendes que habitam o meu jardim, papai do céu e papai noel, este último insiste em não deixar nada pra mim no natal. Talvez pq não tenha construido ainda uma chaminé pra ele descer, aí ele passa por cima e vai embora. Ajudou? rs

      abs

    • 31/05/2012 às 9:54 AM

      sinistro esse filme ein, dá até depressão na gente…

      • Tarcísio
        01/06/2012 às 4:19 PM

        rss. Não acredite sempre em tudo que te contam Filipe. Os olhos nos enganam. Até os 10 eu ainda acreditava em papai noel.

  10. 01/06/2010 às 5:02 PM

    Boa tarde,

    Suas explicações são muito boas, li a comparação entre CDB e poupança e tentei fazer um comparativo de rentabilidade para um prazo inferior a 180 dias mas não consegui.
    Existe este possibilidade naquela tabela ou qual ferramenta seria possível.
    Estou com uma dúvida pois até onde acompanho, vejo que a poupança é um melhor investimento para um prazo inferior a 180dias, e que o CDB vale a pena qdo há possibilidades de manter o capital acima de 1 ano.
    Tenho um dinheiro que posso precisar a qquer momento, mas o gerente mencionou que a taxa líquida do CDB está superior à poupança mesmo se comparado para 30 dias. Será que esta informação é certa ou o gerente está apenas defendendo os interesses do banco?
    Agradeço pela sua atenção e parabéns pelo blog.

    • kantega
      01/06/2010 às 8:14 PM

      Oi Ricardo, na verdade as vezes eles falam q o rendimento é superior mas não incluem o IR na jogada. O que determina o rendimento é o quanto vc tem pra aplicar (pois vai receber um percentual do CDI – no exemplo da planilha com 20.000 vc ganha apenas 92% do CDI) e também do tempo que deixa disponível, pois terá redução de IR. Acho que CDB só vale a pena se for acima de 180 dias mesmo. A menos que vc tenha uns 400 mil disponíveis. Neste caso quase não tem redução do IR mas consegue 99% do CDI, o que dá um rendimento melhor que a poupança. Pra valores inferiores a 20.000 a selic teria que estar muito elevada pra valer a pena o CDB, mesmo q vc deixe o dinheiro parado por 2 anos.

      É só lançar na planilha do post um retorno de 98% do CDI. Se trabalharmos pra 1 ano – a planilha que fiz não contempla prazo inferior a isso, a menos que seja feito na mão – o IR será de 20%. Verá que dá uma diferença considerável da poupança, praticamente 3.000 reais a mais. Mas neste caso, usando o cdb do banco real como referência, precisará de pelo menos 200.000 pra conseguir 98% do CDI. Por esse raciocínio, se fizer isso pra 181 dias, a metade do ano, terá, simplificadamente, a metade desses 3.000, pois continua com o desconto de IR e o mesmo % do CDI.

      ps: cuidado com gerentes de banco, às vezes falam do que não sabem; e também tem metas a cumprir de captação; ou seja, querem o seu dinheiro a qualquer custo. Quanto ao CDB estar superior é provável sim, mas um CDB rendendo 0,05 ou 0,1% a mais que a poupança, e em um valor não muito expressivo, não vale o trabalho de lançá-lo na declaração

      Ok?

      abraços

  11. Ana
    01/02/2010 às 10:41 PM

    Parou de escrever? Não pare….

  12. Dímitra
    08/10/2009 às 5:00 PM

    Ei Tarcísio.

    Achei o seu blog muito legal, assim como as suas aulas. Não só eu, como toda a tuma de ciên. da Comp., toda a galera comenta de como é interessante a forma que vc aborda um assunto que antes parecia tão complexo pra gente. Que pena que as suas aulas são na sexta-feira e última aula (ta todo mundo quebrado). Mais nem por isso as aulas deixam de ser Show!

    Abraços,
    Dímitra A. Godinho.

  13. marco loureiro
    06/10/2009 às 11:11 PM

    tarcisão vc é o cara !!!!!

  14. 17/09/2009 às 9:35 PM

    Tarcísio, adorei essa descrição toda! Até imaginei tu dizendo isso em alto e bom som…rsrs. 😉

  15. Thelma Rocha
    27/08/2009 às 2:14 PM

    Bem…você é uma figura cara, estou me divertindo apreendendo e entendeno Economia, que materiazinha danada e que pena não ter surgido antes em minha vida, seria mais feliz e não pagaria mais os 10% aos garçons kkkkkk, proprietários fila… que não repassam os direitos e vem cobrando meus deveres, ta certo! ahhhh vc havia dito acima que “Meu blog não é um diário. Portanto, não encontrarão aqui uma narrativa do meu cotidiano” , sacanagem isso viu rssss, e no final revela “Também divido com os leitores alguns devaneios (alegrias, angústias ou frustrações) pois sinto necessidade de extravasar isso de alguma forma, e a escrita, efetivamente, me ajuda. Em resumo, escrever me proporciona o mesmo prazer que voar, surfar, fotografar, viajar …” vai entender kkkkk. Se cuida e to aí para o que der é vier.

    Abraços,
    Thelma Rocha

  16. sandra sato
    10/07/2009 às 5:53 PM

    Gostei do blog.

    Apesar de gostar de ler e não ter preguiça, não pude conhecer, ainda, todos os textos. Confesso que assuntos sobre economia não são minha primeira opção e nem me dão prazer em ler. Sinceramente prefiro Machado, nem tanto Graciliano, sentindo falta da citação de G. Rosa (meu predileto)… Mas textos bem escritos sempre valem a pena. Por isso estou aqui para dizer, se isso for servir para algo, que siga em frente com seu blog. Creio que irá ajudar muitos dos seus alunos e ex-alunos (porque não?). E mais do que estas pobres mentes perturbadas, o ato de escrever será ótimo para si mesmo. Não tanto como voar, surfar ou viajar, mas é uma ótima terapia (quando não é obrigado a fazer).

    Gostei do direto ao . Fiquei em dúvida sobre a parte do fotografar. Não gostei do Kantega, mas não sou eu quem tem que gostar – sim você. Sempre.

    Abraços,
    Sandra Sato

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: